The sheep, the Boubous and the Tabaski

Mermoz, Dakar, Senegal | Mercredi 16 Octobre 2013

What a beautiful, cultural and satisfying day! I probably shouldn’t have gone to bed as late as I did yesterday, the little sleep I got did not suffice for the intense Tabaski marathon. In Senegal the feast of Eid al-Adha, know as “Tabaski” in the west African country, is a busy and expensive time for families. Tradition demands that Muslims celebrate the holiday with a freshly slaughtered sheep. It wasn’t pretty, but it was so yummy! Everyone purchases new, flashy, fancy tailor-made outfits in advance and reserve their sacrifice even months before – people can pay between $40.000 FCFA ($85 USD) for a baby sheep 150.000 FCFA ($310 USD)  for an adult male. And you get to feed it, pet it and play with it until Tabaski morning.

Que belo, cultural e gratificante dia! Eu provavelmente não deveria ter ido dormir tão tarde igual eu fiz ontem, o pouco tempo que eu dormir não bastou para a intensa maratona de Tabaski. No Senegal, a festa de Eid al-Adha, conhecido como “Tabaski,” é um tempo ocupado e caro para as famílias. A tradição exige que os muçulmanos celebrem o feriado com uma ovelha recém-abatida. Não foi bonito, mas foi tão gostoso! Todo mundo compra roupas novas, chamativas, coloridas e sob medida no alfaiate, e reservam com meses de antecedência o sacrifício – as pessoas pagam entre $ 40,000 FCFA ($ 170 Reais) por uma ovelha bebê e $ 150.000 FCFA ($ 620 Reais) por uma ovelha adulta. E você pode a alimentá-los, acariciá-los e brincar com ele até a manhã de Tabaski.

Rise and shine and my host sister Khadi grabs me by my hand and takes me to the neighbor’s rooftop, where we must sacrifice their three sheep. While about four men held them down, the father would pray and cut their throats one at a time, Khadi smiled and I videotaped. To avoid making a mess, they lay the sheep down on top of a piece of plastic filled with sand, so the blood won’t spill away – and in case you are wondering, they do not die as soon as you kill them, they keep on shaking for a few minutes. There wasn’t too much blood or screams! And here is a tip, when you are watching something being sacrificed commemorating Abraham’s faith and devotion to God, do not say “Poor thing!” My host family explained that sheep go to heaven too, and they are happy about it.

Assim que amanheceu a irmã senegalesa, Khadi me puxou pela mão e me levou para o telhado do vizinho, onde iriamos sacrificar suas três ovelhas. Enquanto cerca de quatro homens seguravam o animal, o pai rezava e cortava as gargantas uma de cada vez, Khadi sorria e eu filmava e tirava fotos. Para evitar fazer uma bagunça, eles colocam as ovelhas em cima de um pedaço de plástico com areia, de modo que o sangue não derrame longe – e caso você esteja se perguntando, elas não morrem assim que você corta o pescoço, elas ficam se mexendo durante alguns minutos. Mas não houve muito sangue nem gritos! E aqui vai uma dica: quando você está assistindo algo que está sendo sacrificada em comemoração a fé e devoção de Abraão a Deus, não diga “Tadinha!” Minha família anfitriã explicou que as ovelhas vão para o céu também, e eles estão felizes com isso.

I fit in with the Senegalese men, while the women worked away in the kitchen, taking the skin off, cleaning the insides and preparing the Mr. Lamb, we all just laid down and watched the whole thing – observing and absorbing of course. We had a fantastic meal for lunch, and I can tell it has been my favorite thus far: the mouton was cooked to perfection and served with french fries and delicious lentils. The entire family got around the bowl to eat, for the first time since I arrived in Senegal, and we were a total of eight very hungry carnivores eating with our hands. Incredible!

Eu me encaixo com os homens senegaleses, enquanto as mulheres trabalhavam duramente na cozinha, tirando a pele do animal, limpando o interior e preparando o Sr. Cordeiro, nós nos deitamos e esperamos a comida – observando e absorvendo os aspectos culturais, naturalmente. Tivemos uma refeição fantástica para o almoço, e eu posso dizer que foi o meu prato predileto até agora: o carneiro estava cozido à perfeição e servido com batatas fritas e deliciosas lentilhas. A família inteira comeu junta em torno da tigela, pela primeira vez desde que cheguei no Senegal, e nós éramos um total de oito carnívoros muito famintos comendo com a mão. Incrível!

I love cultural celebrations, and I was looking forward to this one so much. Right at 18 o’clock I started getting ready for the night party. Not that I knew what was going on or had any clue what was going to happen. But I showered, put on my one and only traditional Boubou and came upstairs for all the compliments. I did feel awesome wearing the two piece I had purchased for $5.000 FCFA ($10 USD). Everyone around the house loved it, and I was the only one dressed up and ready to go out, still not sure where I would be going. But I left home and walked around my neighborhood Mermoz. I visited my fellow toubabs Lydia, Jack, tried Britney’s house, stopped at Katie’s, Brigid’s, Krishna’s and finally Courtney’s. Our group got bigger and bigger and everywhere we would go we would take tacky prom photos, by their tacky furniture, with our tacky outfits. What a lovely lovely time! Tabaski felt like a mix of Halloween – since we were dressed with clothes we wouldn’t normally – and Thanksgiving – this holiday is all about the food and gratitude after all. House after house, the Senegalese host families fed us traditional juices, fanned us and gave us little snacks and ataaya tea. They were as happy to see so many toubabs dressed up in their traditional clothing as we were for wearing them. A fascinating festivity that I’m happy I got to experience.

Eu amo celebrações culturais, e eu estava bem ansioso para esta. Assim que o relógio marcou 18 horas eu comecei a me arrumar para a festa da noite. Não que eu sabia o que estava acontecendo ou tinha alguma idéia do que iria acontecer, mas eu tomei banho, coloquei o meu primeiro e únicoBoubou tradicional e subi para a cozinha para receber meus elogios. Eu me sinto incrível usando esse conjunto pelo qual paguei simples $5,000 FCFA ($ 20 Reais). Todo mundo em casa adorou, e eu era o único vestido e pronto para sair, ainda sem saber estava indo. Mas eu saí de casa e fui dar uma volta na minha vizinhança de Mermoz. Eu visitei meus colegas de classe toubabs Lydia,Jack, Britney, Katie, Brigid, Krishna e finalmente Courtney. A cada casa que parávamos o grupo crescia, e tiravamos fotos bregas, do lado dos bregas, com nossas roupas bregas, fazendo posesbregas. Foi a coisa mais adorável! Tabaski se parece com uma mistura de Halloween – uma vez que estavam vestidos com roupas que não vestiríamos normalmente – e o Dia de Ação de Graças – já que este feriado é sobre a refeição e a gratidão. Casa após casa, as famílias senegalesas nos serviram sucos tradicionais, lanches e o cha ataaya. Eles estavam tão felizes por ver tantostoubabs vestidos com suas roupas tradicionais como nós estávamos para usá-las. Uma festa fascinante que eu estou muito feliz de ter participado.

16 thoughts on “The sheep, the Boubous and the Tabaski

  1. creolita says:

    gorgeous photos. I loves seeing all the cross cultural interchange. It would be great if you could post those photos onto Instagram.Some time in the future when I manage to buy a theme for my blog, I’d love you to guest post there!

  2. mamae says:

    Que legal que ta curtindo tudo ai .
    amo voce

  3. HotPressJess says:

    Very interesting! How long do you plan to be in Senegal?

    I agree with Creolita, the photos are great.

    Best Travels,
    –Jess

  4. Candida Olavo says:

    Ô Marcos fala pra nós quem é esta menina tão simpatica…!!!!

  5. Luana Torres says:

    You should seriously consider publishing a book! Your posts are amazing. :D :D

  6. Anonymous says:

    Incrível Marcos, na nossa caminhada nunca vivemos a mesma coisa, temos os mesmos sentimentos, talvez até vivamos as mesmas cenas, mas os sentimentos são diferentes pq o novo, a mudança deixa de existir e vem a experiência, o conhecimento. São dias incríveis que vc está vivendo e sei que está sugando ao máximo cada segundo. Felicidades. Amo vc. Bjs. Dinda.

    • Zilene Mendonça says:

      Incrível Marcos, na nossa caminhada nunca vivemos a mesma coisa, temos os mesmos sentimentos, talvez até vivamos as mesmas cenas, mas os sentimentos são diferentes pq o novo, a mudança deixa de existir e vem a experiência, o conhecimento. São dias incríveis que vc está vivendo e sei que está sugando ao máximo cada segundo. Felicidades. Amo vc. Bjs. Dinda.

      • Marcos C. says:

        Dinda! Eu estou muito feliz com as minhas novas experiencias, e fico feliz que vocês podem acompanhar. Sem vocês não faria sentido e eu não teria motivo. Obrigado por tudo. Felicidades a você tambem :)

  7. mamae says:

    Sabe , Marcos quando voce nasceu eu disse obrigada senhor por ter me dando um filho maravilhoso como voce. Mas ai eu penso como posso eu que amo tanto esse meu filho deixa-lo sair pelo mundo assim. Isso acontece porque voce parece muito comigo, essa vontade de abraçar o mundo de aprender tudo,ai eu me conformo e digo para mim mesma se eu tivesse tido esta oportunidade tambem estaria desbravando esse mundo de Deus.
    Fico muito feliz por vc respeitar e seguir a risca a cultura de cada regiao.Isso é maravilhoso porque sinto que voce se coloca no lugar deles nas horas mais dificeis.e
    Portanto meu filho Deus te abençoe e te proteje de todo o mal, e que voce continuie assim.
    Amo voce do tamanho do mundo.

  8. Monick says:

    Tudo muito muito legal!
    aproveite… amo vc!

  9. Fernanda Mendonça says:

    Lindo texto. Como ja disse, vc escreve muito bem.

Take your time writing a comment

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

Follow

Get every new post delivered to your Inbox.

Join 3,148 other followers

%d bloggers like this: